Quinta-feira, 23 de Março de 2006
...

UM BELO CORAÇÃO


fuer-dich-herz.gif


Para que tenhamos um coração belo é preciso saber desde logo o que é a verdadeira beleza e como conquistá-la!

 


Um jovem estava no centro da cidade, proclamando ter o coração mais belo da região. Uma multidão o cercou e todos admiraram o seu coração. Não havia marca ou qualquer outro defeito. Todos concordaram que aquele era o coração mais belo que já tinham visto. O jovem ficou muito orgulhoso por seu belo coração.


De repente, um velho apareceu diante da multidão e disse: "Porque o coração do jovem não é tão bonito quanto o meu?" A multidão e o jovem olharam para o coração do velho, que estava batendo com vigor, mas tinha muitas cicatrizes. Havia locais em que pedaços tinham sido removidos e outros tinham sido colocados no lugar, mas estes não  encaixavam direito, causando muitas irregularidades. Em alguns pontos do coração, faltavam pedaços.


O jovem olhou para o coração do velho e disse:


"O senhor deve estar brincando... Compare os nossos corações. O meu está perfeito, intacto e o seu é uma mistura de cicatrizes e buracos!"


"Sim! - disse o velho. Olhando, o seu coração parece perfeito, mas eu não trocaria o meu pelo seu." Veja, cada cicatriz representa uma pessoa para a qual eu dei o meu amor. Tirei um  pedaço do meu coração e dei para cada uma dessas pessoas. Muitas delas deram-me também um pedaço do próprio coração para que eu colocasse no meu, mas, como os pedaços não eram exactamente iguais, há irregularidades. Mas eu as estimo, porque me fazem lembrar do amor que compartilhamos. Algumas vezes, dei pedaços do meu coração a quem não me retribuiu. Por isso, há buracos. Eles doem. Ficam abertos, lembrando-me do amor que senti por essas pessoas...  Um dia espero que elas retribuam, preenchendo esse vazio. E então, jovem? Agora você entende o que é a verdadeira beleza?


O jovem ficou calado e lágrimas escorriam pelo seu rosto.  Ele aproximou-se do velho.

Tirou um pedaço de seu perfeito e jovem coração e ofereceu ao velho, que retribuiu o gesto. O jovem olhou  para o seu coração, não mais  perfeito como antes, mas mais belo que nunca. Os dois se abraçaram e saíram caminhando lado a lado.

 

 


Como deve ser triste passar a vida com o coração intacto.

 


Agora tu terás a chance de retirar um pedaço do teu coração e passa-lo para uma pessoa que gostes, ou senão guarda-a, e deixa o teu coração intacto...


Eu retirei um pedacinho especial para ti!!


 




SOU DESTAQUE



"Esta semana sou destaque no blog http://loiradalua.zip.net o qual fiquei muito contente. Quero agradecer á amiga Priscila por me ter oferecido este prémio que é muito importante para mim, porque é mais um reconhecimento do trabalho e dedicação que tenho sempre empenhado no meu blog.
Obrigada Priscila daqui te envio um grande beijinho.  


MOON GIRL





publicado por Moon Girl às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (18) | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 17 de Março de 2006
...

O QUE LEVA O AMOR...


leftnonanim4.gif


A inteligência sem amor torna-te perverso.
A justiça sem amor torna-te implacável.
A diplomacia sem amor torna-te hipócrita.
O êxito sem amor faz-te arrogante.
A riqueza sem amor deixa-te avarento.
A pobreza se amor faz-te orgulhoso.
A beleza sem amor faz-te inútil.
A autoridade sem amor torna-te tirano.
O trabalho sem amor torna-te escravo.
A simplicidade sem amor rebaixa-te.
A lei sem amor escraviza-te.
A politica sem amor torna-te egoísta.
A fé sem amor torna-te fanático.
A cruz sem amor converte-se
em tortura.
A
vida sem amor não tem sentido.


 



publicado por Moon Girl às 13:10
link do post | comentar | ver comentários (5) | adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 9 de Março de 2006
...

 

UMA HISTÓRIA FANTÁSTICA E SIMPLES!

 

janelaa.jpg

 

Dois homens, ambos gravemente doentes, estavam no mesmo quarto de hospital. Um deles podia sentar-se na sua cama durante uma hora todas as tardes, para que os fluidos circulassem nos seus pulmões. Sua cama estava junto da única janela do quarto. O outro homem tinha de ficar sempre deitado de costas.
Os homens conversavam horas a fio. Falavam das suas mulheres, famílias, das suas casas, dos seus empregos, dos seus aeromodelos, onde tinham passado as férias...
E todas as tardes, quando o homem da cama perto da janela se sentava, ele passava o tempo a descrever ao seu companheiro de quarto todas as coisas que conseguia ver do lado de fora da janela.
O homem da cama do lado começou a viver à espera desses períodos de uma hora, em que o seu mundo era alargado e animado por toda a actividade e cor do mundo do lado de fora da janela.
A janela dava para um parque com um lindo lago. Patos e cisnes chapinhavam na água enquanto as crianças brincavam com os seus barquinhos. Jovens namorados caminhavam de braços dados por entre as flores de todas as cores do arco-íris. Árvores velhas e enormes acariciavam a paisagem e uma ténue vista da silhueta da cidade podia ser vista no horizonte. Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia isto tudo com extraordinário pormenor, o homem no outro lado do quarto fechava os seus olhos e imaginava a pitoresca cena.
Um dia, o homem perto da janela descreveu um desfile que ia a passar, embora o outro homem não conseguisse ouvir a banda, e conseguia vê-la e ouvi-la na sua mente, enquanto o outro senhor a retratava através de palavras bastante descritivas.
Dias e semanas passaram.
Uma manhã, a enfermeira chegou ao quarto trazendo água para os seus banhos, e encontrou o corpo sem vida do homem perto da janela, que tinha falecido calmamente enquanto dormia. Ela ficou muito triste e chamou os funcionários do hospital para que levassem o corpo. Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem perguntou se podia ser colocado na cama perto da janela. A enfermeira disse logo que sim e fez a troca. Depois de se certificar de que o homem estava bem instalado, a enfermeira deixou o quarto. Lentamente, e cheio de dores, o homem ergueu-se, apoiado no cotovelo, para contemplar o mundo lá fora. Fez um grande esforço e lentamente olhou para o lado de fora da janela...que dava, afinal, para uma parede de tijolo!
O homem perguntou à enfermeira o que teria feito com que o seu falecido companheiro de quarto lhe tivesse descrito coisas tão maravilhosas do lado de fora da janela.

A enfermeira respondeu que o homem era cego e nem sequer conseguia ver a parede. Talvez ele quisesse apenas dar-lhe coragem...".

 

 

Moral da História:

 

Há uma felicidade tremenda em fazer os outros felizes, apesar dos

nossos próprios problemas.

 

A dor partilhada é metade da tristeza, mas a felicidade, quando

partilhada, é dobrada.

 

Se te queres sentir rico, conta todas as coisas que tens que o

dinheiro não pode comprar.

 

"O dia de hoje é uma dádiva, por isso é que o chamam de presente."



publicado por Moon Girl às 17:20
link do post | comentar | ver comentários (6) | adicionar aos favoritos

Perfil
Nome: Moon Girl
Cidade: Porto
Frase: Queria estar contigo a ver a lua, sentir a minha mão na tua e saber se nos teus olhos eu existo...

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
posts recentes

Feliz Páscoa 2016!

Os Verdadeiros Amigos

Valorizar Cada Momento

Ser Forte...

Convite

Maturidade

A Lenda do Bolo Rei

Feliz Ano Novo 2016!

Minha Tag Premiada no Nat...

Feliz Natal 2015!

arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


links
::LINK ME::




PARTICIPO


OBRIGADA AMIGA LINDALVA






OBRIGADA AMIGOS DO FAROL


OBRIGADA MINDA


MINHA TAG VENCEDORA NO CONCURSO DE TAGS 2015




MEU VAGÃO DO TREM DA ALEGRIA NATAL AZUL 2015


DIPLOMA DE MÉRITO
MEU POEMA PREMIADO NO OSTRA DA POESIA 2015












Presente da amiga Lindalva


Presente da amiga Cláudia Forte


Presente da amiga Tétis


Presente da amiga Gracita
TROFÉUS RECEBIDOS






Photobucket



Protected by Copyscape Duplicate Content Checker
subscrever feeds