Segunda-feira, 2 de Outubro de 2006
A Vida é Um Espelho

A VIDA É UM ESPELHO

mulher.jpg

Ele quase não viu a senhora, parada na berma da estrada.

Chovia torrencialmente e já era noite.

Ele percebeu que ela precisava de ajuda. Por isso, parou o carro e aproximou-se.

Ele aproximou-se sorrindo, mas ela estava preocupada, pois podia ser um assaltante.

É que há mais de uma hora que ela ali estava e ainda ninguém tinha parado!

Ele parecia-lhe pobre e faminto. Ao ver que ela estava assustada, disse:

"Minha senhora, estou aqui para a ajudar, não se preocupe".

A propósito: o meu nome é Renato.

Ela apenas tinha um pneu do carro furado, mas dada a sua idade avançada, tornava-se um grande problema.

Renato trocou o pneu com facilidade e rapidez.

Enquanto ele apertava as porcas da roda ela abriu o vidro e começou a conversar com ele.

Contou que era de São Paulo e que só estava de passagem por ali e que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda.

Renato apenas sorriu enquanto se levantava...

Ela perguntou-lhe quanto devia. Qualquer quantia teria sido muito pouco para ela.

Renato não pensava em dinheiro, pois o que acabara de fazer não foi assim tão custoso para ele!

Ele disse que gostava de ajudar quando alguém tinha necessidade e Deus já o havia ajudado bastante.

Este era seu modo de viver e nunca lhe ocorreu agir de outro modo. E respondeu:

“Se realmente me quiser pagar, quando encontrar alguém que precisar de ajuda, dê-lhe o que precisar, como fiz consigo!”. E acrescentou: “e lembre-se de mim".

Esperou até que ela saísse com o carro e também foi à sua vida. Alguns quilómetros à

frente a senhora entrou num pequeno restaurante para comer qualquer coisa.

Era um restaurante muito simples. A empregada veio junto dela e ao vê-la com a cabeça molhada, trouxe uma toalha para se enxugar. O sorriso que dirigiu à empregada foi tão doce, que até lhe fez esquecer os pés doridos após um dia de intenso trabalho.

A senhora notou que a empregada estava com quase oito meses de gravidez, e ficou muito sensibilizada ao ver como alguém que tem tão pouco, podia tratar tão bem uma estranha!

Foi então que se lembrou do Renato.

Quando acabou de jantar, deu uma nota de 100 euros e, enquanto a empregada foi lá dentro buscar o troco, ela foi-se embora sorrateiramente.

Já tinha partido quando a empregada voltou. Ainda foi à porta, mas já não a viu. Foi então que viu algo escrito no guardanapo, debaixo do qual tinha mais 4 notas de 100 euros. As lágrimas bailavam-lhe nos olhos, depois de ler o que a senhora tinha escrito. Dizia: "Você não me deve nada, eu já tenho o bastante. Alguém me ajudou hoje e da mesma forma eu estou a ajudá-la a si!". "Se você realmente me quiser reembolsar por este dinheiro, não deixe este círculo de amor terminar consigo, mas ajude alguém".

A empregada voltou ao trabalho, pois ainda havia muito a fazer antes de voltar a casa.

Quando foi para casa cansada e se foi deitar, o marido já estava a dormir. Ela ficou um pouco a pensar no que a senhora tinha escrito no guardanapo.

Aquela senhora nem sonhava sequer o quanto eles precisavam daquele dinheiro pois o bebé já iria nascer no próximo mês e a vida está muito difícil! Ficou pensando na bênção que havia recebido, deu um grande sorriso, agradeceu a Deus e virou-se para o preocupado marido que dormia ao lado, deu-lhe um beijo macio e sussurrou: "tudo vai correr bem, eu te amo... Renato!

 

 

A vida é assim...um espelho:

Tudo o que dermos voltará a nós.

 



publicado por Moon Girl às 21:28
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

11 comentários:
De mana naka a 19 de Outubro de 2006 às 09:16
este conto e lindo...tem a sua parte "verdadeira" mas..nem smp td o k damos nos e devolvido...mas...acredita k td o k tu fizeres por mim eu te devolverei com amizade...a unica coisa k te posso dar axim mm estando longe...sei k tu faxes o mm por mim bigado manita bjs :)


De Patricia a 16 de Outubro de 2006 às 17:33
Já conhecia, mas é sempre bem voltar a ler esta história, na vida devia ser assim... Mas na vida real é bem diferente. Adoro vir ao teu Blog. Bjokas**


De Pedro a 8 de Outubro de 2006 às 19:59
Mt obrigado pelas tuas palavras, eu tbm gosto mt do teu blog, ja leste alguma coisa de Jorge Bucay? se nao, axo k ias gostar. És uma pessoa bastante simpatica i publicas posts lindos. Beijo grande


De GotaDeAmor a 7 de Outubro de 2006 às 00:17
Já há bastante tempo que me lembro de ter lido esta história linda ... Foi muito bom voltar a ler ... Obrigado e Parabens ... Desejo-te um bom fim de semana . Beijinhos


De acassiacleta a 5 de Outubro de 2006 às 20:30
Já conhecia esta história e é impossível ficar-lhe indiferente, pois traz consigo uma grande verdade...No "dar" não devia haver o "esperar receber em troca". Quando se dá é do fundo do coração sem esperar nada de volta. E não há maior alegria do que fazer algo pelo próximo e vê-lo sorrir de felicidade e gratidão. E essa alegria que criamos é o que recebemos na verdade. Belíssimo texto...foi uma boa escolha. ;) Beijinho


De deusa da lua a 5 de Outubro de 2006 às 15:40
oi, venho te convidar a visitares o meu cantinho..espero por ti nao faltes. beijo
www.olimpo2.blogs.sapo.pt


De contoselendas a 5 de Outubro de 2006 às 00:40
Belo conto que dá para repensar muitas das nossas atitudes perante a vida.Generosidade/Humildade.Um Abraço.


De Nytxia a 4 de Outubro de 2006 às 10:55
A história é mt bonita. Realmente deviamos formar sempre um circulo de amor contínuo e ajudar quem precisa, pq o proximo a precisar podemos ser nos. Bjinhs


De Pedro a 3 de Outubro de 2006 às 21:33
Lindo! Linda historia, e de facto é verdade tudo, ou quase tudo, o que damos é nos devolvido com carinho e amor.
Gosto mt do teu blog.
Bjs

http://o-blog-do-pedro-lino.blogspot.com/


De nessa borboleta a 3 de Outubro de 2006 às 17:53
olá miga =) lindo o teu novo textinho, uma grande lição de vida que nos trazes adorei mesmo muito =)) aprendi muito com o que li força e continua assim linda jinhox*********grandex desta tua eterna leitora e sempre amiga by Nessa Borboleta


Comentar post

Perfil
Nome: Moon Girl
Cidade: Porto
Frase: Queria estar contigo a ver a lua, sentir a minha mão na tua e saber se nos teus olhos eu existo...

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
posts recentes

Feliz Páscoa 2016!

Os Verdadeiros Amigos

Valorizar Cada Momento

Ser Forte...

Convite

Maturidade

A Lenda do Bolo Rei

Feliz Ano Novo 2016!

Minha Tag Premiada no Nat...

Feliz Natal 2015!

arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


links
::LINK ME::




PARTICIPO


OBRIGADA AMIGA LINDALVA






OBRIGADA AMIGOS DO FAROL


OBRIGADA MINDA


MINHA TAG VENCEDORA NO CONCURSO DE TAGS 2015




MEU VAGÃO DO TREM DA ALEGRIA NATAL AZUL 2015


DIPLOMA DE MÉRITO
MEU POEMA PREMIADO NO OSTRA DA POESIA 2015












Presente da amiga Lindalva


Presente da amiga Cláudia Forte


Presente da amiga Tétis


Presente da amiga Gracita
TROFÉUS RECEBIDOS






Photobucket



Protected by Copyscape Duplicate Content Checker
subscrever feeds